Não deixe o Covid parar os seus objetivos! Agora estamos organizando aulas híbridas: aprenda tecnologia na sua casa ou então no nosso campus Saiba mais

Já pensou em se tornar um UX Designer?

Ainda que a gente não perceba, estamos rodeados por aquilo que chamamos de “experiências de usuário”, tanto no mundo analógico, como no digital. É muito raro que um produto não tenha sido desenhado a partir de uma reflexão sobre nosso comportamento em relação a um serviço, sobre a maneira como buscamos informações e sobre as nossas percepções.

Falar sobre design de experiências é falar sobre futuro, isso é um fato. Segundo alguns estudos como o da CNNMoney, a carreira de UX Designer é das mais promissoras, com previsão de crescimento anual de 18%. Mas não pense que se trata apenas de uma profissão do futuro, atualmente, UX Design é uma das áreas com maiores demandas de trabalho.

O que é um UX Designer?

Se você é um daqueles que chegaram até aqui depois de pesquisar no Google algo como “UX designer o que é”, podemos te responder de forma simples, definindo um UX Designer como o profissional que busca a maneira mais fácil, intuitiva e amigável de resolver um problema com base nos gostos, necessidades e opiniões dos usuários sobre um produto ou serviço. O UX Designer é aquela pessoa responsável por garantir que a experiência do cliente seja a melhor possível.

Antes de continuarmos, é importante esclarecer sobre a diferença entre User Interface/Interface de Usuário (IU) e User Experience/Experiência do Usuário (UX), duas disciplinas que costumam ser confundidas, provavelmente porque funcionam juntas e pela semelhança de seus acrônimos. 

Para ficar bem claro: IU diz respeito à criação da interface, que pode ser gráfica ou desenvolvida principalmente com linguagens como HTML, CSS ou Javascript, enquanto a função de UX se concentra na usabilidade, com foco na análise e nas relações sociais.

Podemos dizer que o designer de IU é o principal responsável por tudo aquilo que seja o visual da interface, se preocupando com o design do produto e influenciando diretamente na nossa primeira impressão visual, que é o que determina se a gente gosta ou não de um site ou aplicativo. 

Já o responsável pelo UX mantém o foco na usabilidade e na facilidade de navegação, provocando certas emoções e sensações durante o uso dessa interface. O UX Designer precisa garantir que a navegação e as ações realizadas pelo usuário tenham coerência e façam sentido. O IU decide a jornada do usuário, enquanto o UX se concentra nos processos e ações decorrentes das interações.

Diferenças entre UX e UI

Habilidades de UX Designer

Nas mãos do UX Designer recaem tarefas tão importantes como a de criar experiências que atendam às necessidades dos clientes, melhorar suas percepções sobre uma marca e criar um vínculo sólido com os produtos. Pense por um momento em serviços como Netflix ou Spotify, em ferramentas como Google Sheets ou Zapier e produtos digitais como Google Home ou Philips Hue. Pode ter certeza de que por trás de todos eles, existe um intenso trabalho de experiência do usuário com o objetivo não só de deixá-los esteticamente agradáveis, mas de tornar o seu uso mais fácil, intuitivo e eficiente.

Criatividade, empatia e capacidade de escuta são algumas das características mais importantes que um bom UX Designer deve ter para assimilar o contexto do usuário e os processos que ele realiza no dia a dia. Ser um bom observador também é essencial para perceber aqueles detalhes que nos escapam à primeira vista na hora de usar um aplicativo, sem deixar de lado as competências de negócio e de comunicação. Saber trabalhar o bom relacionamento com o restante da equipe também é fundamental, assim como pesquisar constantemente sobre tudo que se refere à usabilidade e aprender mais e mais sobre softwares.

Em direção à especialização

Dependendo do tamanho da equipe, talvez um profissional de UX precise se especializar em uma determinada função. Uma delas é o UX Researcher, que é quem se encarrega de analisar os usuários e ajudar a compreendê-los, se perguntando quem são, analisando seus comportamentos e entendendo suas necessidades por meio da realização de entrevistas, pesquisas e questionários. Mapas de experiência do usuário, avaliações de usabilidade e relatórios analíticos costumam ser os projetos principais de um UX Researcher.

Já o UX Writer é o responsável por conhecer e definir a comunicação com o usuário, estudando sua linguagem para aprender como o produto “deve falar” para se conectar com o cliente. O tom de voz e a estratégia de comunicação costumam ser suas tarefas, definindo a estratégia de criação de conteúdo e sua apresentação ao usuário.

Outra possibilidade de especialização é a de Service Design, que é a área que se preocupa em criar ou melhorar os serviços existentes com o objetivo de torná-los mais utilizáveis, úteis e desejáveis, bem como mais eficazes. O principal objetivo de um Service Designer é fazer com que tanto a empresa, quanto os consumidores, percebam que os serviços da empresa são os melhores.

Seja qual for o destino final de um UX Designer, pode ter certeza de que essa é uma profissão segura, com muita oferta de trabalho e ótimas previsões de crescimento. Recentemente, o Linkedin publicou uma lista das habilidades mais procuradas pelas empresas, e o UX Design está no ranking, já que os consumidores estão cada vez mais exigentes e têm pouca paciência para produtos ou serviços que não são intuitivos. E quem resolve esse problema? Sim, o UX Designer.

Recursos para entrar no universo de UX

Apostar em uma formação prática e de qualidade é fundamental para entrar no universo de UX, mas ainda assim, queremos deixar algumas recomendações iniciais para dar um gostinho! Um tempo atrás,  publicamos uma lista com oito livros de UX imprescindíveis, perfeita para quem adora ler.

Tentar um curso introdutório na Domestika ou Coursera, se perder nos vídeos em canais como UXTips e guardar a sete chaves essas 25 ferramentas são alguns passos certeiros para começar nessa profissão.

Agora, se você já decidiu se formar com profundidade como um UX Designer, sua melhor escolha é o bootcamp em tempo integral da Ironhack, onde você vai conseguir incorporar a mentalidade de liderança da indústria de tecnologia, aprender a usar as ferramentas de produto mais avançadas e dar vida aos seus produtos digitais. Se você deseja transformar completamente a maneira como as pessoas e as marcas interagem, você encontrou o seu lugar. Pronto para mudar a sua vida?

Junte-se à IronhackPronto para participar?

Siga os passos de mais de mil mudanças de carreira e empreendedores que lançaram suas carreiras na indústria de tecnologia com bootcamps Ironhack.

Conheça os nossos cursosProcure pelos nossos campus

Artigos do blog sobre UX/UI Design

Veja mais artigos em nosso blog
Cadastre-se na nossa newsletter e fique por dentro das novidades e eventos da Ironhack!
Por favor, escreva seu nome
Por favor escreva seu sobrenome
O endereço de e-mail inserido não é válido. Por favor, tente novamente