Voltar para todos os artigos

28 de julho de 2021

O que é e como começar no pentesting?

Ironhack

Cybersecurity

Todos os cursos

Se gostar da ideia de ser pago para executar essencialmente tarefas do tipo James Bond- e entrar nos sistemas informáticos de grandes organizações tais como instituições financeiras, então é provável que esteja interessado numa carreira como testador de intrusão.

Muitas organizações em todo o mundo empregam hackers (hackers éticos, neste caso) para testar seus sistemas informáticos, tentando invadi-los. À medida que os dados e a informação digital se tornam mais valiosos e cruciais para a economia mundial, a necessidade de segurança informática está também a aumentar rapidamente. Organizações como bancos, instituições financeiras, empresas de saúde e empresas de software precisam de proteger os seus sistemas informáticos contra hackers reais. Eles investem muito dinheiro e recursos em segurança digital, e tornou-se um caminho de carreira lucrativo e interessante a seguir.

O que é um teste de intrusão ou um pentest?

Um teste de intrusão - também conhecido como pen test - é um tipo de teste usado por empresas para identificar vulnerabilidades e fraquezas em sua segurança informática. Qualquer área onde um hacker real possa entrar em sua rede é uma ameaça. Um testador de intrusão imita ataques potenciais a uma rede informática e tenta roubar dados, informações financeiras ou dados pessoais.

A realização de ciberataques reais é uma das formas mais fortes de testar verdadeiramente uma rede e verificar a sua estabilidade. A segurança cibernética é uma indústria em crescimento e há uma grande demanda por profissionais nessa área. Diferentes empresas têm necessidades diferentes quando se trata de testes de intrusão. Isso depende do tipo de informação que precisa ser protegida e do tipo de sistema que se usa.

Qual é a diferença entre o teste de intrusão e avaliação de vulnerabilidade?

Os testes de vulnerabilidade também se enquadram na área de segurança de TI, mas é um tipo diferente de exame. Os testes de vulnerabilidade são geralmente realizados separadamente ou às vezes antes dos testes de intrusão. São concebidos para definir e identificar os pontos fracos de um sistema e para os classificar. Essas áreas fracas podem ser priorizadas de acordo com o perigo que representam e abordadas individualmente por meio de actualizações, implementação de firewalls ou actualizações de software. Não é incomum para um testador de intrusão também realizar avaliações de vulnerabilidade, embora o propósito delas seja bastante diferente dos testes de intrusão.

Tipos de testes de intrusão

O teste de intrusão é dividido em três tipos principais de testes. Eles são chamados de caixa branca, caixa preta e caixa cinza. Esses três métodos examinam vários cenários potenciais em que um hacker criminoso poderia estar, dependendo do quanto ele sabe sobre a rede informática de uma empresa.

  • Os testes de intrusão da caixa cinza fornecem ao testador algum conhecimento sobre o sistema que eles estão a tentar hackear

  • Testes de intrusão de caixa preta fornecem ao testador conhecimento zero sobre o sistema

  • O teste de intrusão de caixa branca fornece ao testador todos os detalhes sobre um sistema ou rede

Os testes de intrusão são uma forma proactiva de garantir a segurança de uma rede informática. Os três tipos de testes de intrusão cobrem as diferentes posições em que um hacker poderia estar e fornecem uma visão geral sólida dos riscos potenciais que uma organização pode estar a enfrentar.

Habilidades necessárias para ser um testador de intrusão ou pentester

As habilidades necessárias para testadores de intrusão incluem sólida capacidade de script. Java e JavaScript são especialmente importantes, assim como as linguagens de computador Python, Bash e Golang. Um conhecimento sólido de sistemas de computador e protocolos de rede também é uma habilidade crucial. É necessária experiência com várias redes e sistemas operacionais, incluindo Windows, Mac OS e Linux, e às vezes é necessário realizar o teste de intrusão móvel para sistemas Android e iOS.

Além disso, a curiosidade e a mentalidade técnica são habilidades importantes que um pen tester deve possuir. Eles precisam estar constantemente atualizados com os mais recentes desenvolvimentos em tecnologia e estar ciente das novas técnicas e oportunidades de hacking que podem ser usadas por criminosos. Criatividade e fortes habilidades de comunicação também são ativos valiosos para qualquer pessoa que trabalhe com segurança de TI.

É importante manter suas habilidades e conhecimentos atualizados como testador de intrusão. O aprendizado contínuo deve sempre fazer parte de seu papel como um testador de intrusão. Atualmente, as ferramentas de segurança usadas pelos testadores de intrusão incluem Wireshark, Kali, Metasploit e Wed Inspect. Habilidades em tais ferramentas também são exigidas por profissionais nesta função.

Como se tornar um testador de intrusão

A melhor maneira de se tornar um testador de intrusão é por meio de aprendizado e experiência. O treinamento na área de cibersegurança o ajudará a começar e é essencial para quem é novo na área. Um bootcamp nesta área cobrirá tópicos como hardware de computador, software, protocolos de roteamento e redes, bem como administração de rede e princípios de segurança de TI.

Saber como construir um programa de segurança também é um componente chave na segurança digital, assim como saber como criar um firewall. Depois de compreender essas facetas da TI, você entenderá melhor como entrar nelas e realmente colocá-las à prova. Depois de concluir um curso de cibersegurança, o resto virá com a prática e o treinamento contínuo. Ganhar experiência na área de testes de intrusão é a melhor maneira de aprender. Não é apenas dinheiro que precisa de proteção digital hoje em dia. Informações pessoais e dados comerciais tornaram-se recursos incrivelmente valiosos que os hackers tentam adquirir. Por isso, o leque de empresas que precisam de um testador de intrusão é vasto e é uma indústria sólida para se construir uma carreira.

Comece na cibersegurança

Um bootcamp de cibersegurança é uma maneira intensiva, mas altamente eficiente, de cobrir tudo o que você precisa saber antes de se candidatar a empregos no setor. Fazer um bootcamp de cibersegurança é uma ótima maneira de cobrir os fundamentos da cibersegurança e começar a se tornar um testador de intrusão ou especialista em TI.

Depois de se formar, trabalhar e ganhar experiência em segurança de TI são os próximos passos para dominar o teste de intrusão!

Artigos Relacionados

Pronto para aderir?

Mais de 10,000 amantes de tecnologia e empresários lançaram as suas carreiras na indústria da tecnologia com as bootcamps da Ironhack. Comece a sua nova viagem de carreira e junte-se à revolução tecnológica!